Você ainda guarda dinheiro em casa? Descubra porque não deveria
18 de outubro de 2017
03 investimentos isentos de imposto de renda
24 de outubro de 2017
Exibir tudo

Ibovespa: O que é? Para que serve? Como usá-lo a seu favor?

O que é e pra que serve o Ibovespa?

Notícias sobre alta e queda do Ibovespa são comuns, entretanto grande parte das pessoas não sabe realmente do que se trata e para que serve. O Ibovespa, ou Índice Bovespa, é resultado de uma carteira teórica de ativos, ou seja, simula uma carteira com ações de determinadas empresas.

As empresas contempladas pelo índice são aquelas de maior negociabilidade e representatividade na Bolsa Brasileira. Atualmente sua carteira contém 58 ações de diversas empresas como Vale, Usiminas, Gerdau e Ambev. É fácil perceber que as ações de maior representatividade e negociabilidade são, geralmente, ações de empresas consolidadas.

Dessa forma, quando o IBOV sobe ou cai, não quer dizer que todas as ações contempladas pelo índice subiram, mas sim que a carteira simulada pelo IBOV rentabilizou. Da mesma forma que a queda no índice não significa que todas as ações da carteira caíram, mas sim que a carteira geral apresentou queda.

Outra frequente confusão é a ideia de que o Ibovespa representa todas as ações da Bolsa brasileira. As pessoas acreditam que, se o IBOV cai, com certeza suas ações, independente de estarem ou não na carteira do índice, também irão cair.  Na verdade o IBOV é uma referência do movimento do mercado, ou seja, um panorama geral de como as ações tendem a se comportar.

Qual a importância do Ibovespa?

O Ibovespa não é o único índice do Mercado de ações. Existem diversos outros índices como o IbrX 50, IbrA e ISE, cada um com um diferente objetivo e uma diferente carteira teórica de ativos.

Para a BM&F Bovespa, o Ibovespa é considerado o principal índice por representar 85% das negociações realizadas na Bolsa. De forma homóloga, em outras Bolsas, outros índices são utilizados: na Bolsa de Tóquio, tem-se como principal índice o NIKKEI 225, na Bolsa de Nova Iorque, o índice Dow Jones está no centro das atenções. Eles são de grande importância, pois, como dito acima, representam, de forma generalizada, o movimento atual do Mercado de Capitais em seus respectivos países.

Como interpretar uma alta ou queda no Ibovespa?

Quando o Ibovespa está em alta, pode-se entender, de forma geral, que o momento é positivo para o Mercado de Capitais brasileiro, ou seja, as empresas estão crescendo, suas ações estão se valorizando e quem as contém está, provavelmente, satisfeito – bom momento para vender ativos.

Caso o Ibovespa esteja em queda, podemos entender que algo desfavorável está ocorrendo para as empresas de Capital Aberto, o que pode significar um bom momento para comprar ativos.

Lembrando, mais uma vez, que essa é uma análise geral do panorama do mercado e não é válido para todas as ações negociadas na BM&F Bovespa. Se você está iniciando seus investimentos, procure a ajuda de um assessor de Investimentos. A 3A terá prazer em auxiliá-lo.

Formulário de Contato

    NOME COMPLETO
    E-MAIL
    ASSUNTO
    DEIXE SUA MENSAGEM
    ×
    Ajuda? Chat via WhatsApp